Skip to content, sitemap or skip to search.

Free Software Foundation

Ferramentas Pessoais
Join now
 
Você está aqui: Página Inicial Campaigns Secure Boot vs Restricted Boot Defenda sua liberdade de instalar software livre

Defenda sua liberdade de instalar software livre

Microsoft anunciou que se fabricantes de computadores desejam distribuir máquinas com o símbolo de compatibilidade com o Windows 8, terão que implementar uma medida chamada "Boot Seguro" (Secure Boot). Contudo, ainda se está por saber se esta tecnologia honrará o seu nome, ou se em vez disso merecerá a alcunha de "Boot Restrito".

Quando feito de modo correto, o "Boot Seguro" está projetado como proteção contra malware, impedindo computadores de carregar programas binários não autorizados quando inicia. Na prática, significa que computadores que o implementam não irão iniciar ("bootar") sistemas operacionais não-permitidos -- incluindo sistemas anteriormente autorizados que foram modificados sem ser reaprovados.

Esta pode ser uma qualidade merecedora do nome, se a pessoa usuária é capaz de autorizar os programas que quiser usar, podendo executar software livre escrito e modificado por ela mesma, ou pessoas de sua confiança. Contudo, estamos preocupados de que a Microsoft e fabricantes de hardware implementem essas restrições de inicialização (boot) de um modo que impeça seus usuários de iniciar (boot) qualquer coisa que não seja Windows. Nesse caso, a melhor pedida é chamar essa tecnologia Boot Restrito (ou Inicialização Restrita), já que tal requisito seria uma restrição desastroda para os usuários de computadores e de modo algum um atributo de segurança.

Por favor acrescente o seu nome à seguinte declaração, para mostrar a fabricantes de computadores, governos e à Microsoft que você se importa com a liberdade e trabalhará para protegê-la.

Nós, abaixo-assinados, insistimos que todos os fabricantes de computadores implementando o chamado "Secure Boot" da UEFI o façam de modo a permitir a instalação sistemas operacionais livres. Para respeitar a liberdade dos usuários e verdadeiramente proteger sua segurança, fabricantes devem quer permitir ao dono desabilitar as restrições de boot inicialização (boot), ou prover um mecanismo garantido que lhes possibilite instalar e executar o sistema operacional livre de sua escolha. Nos comprometemos a não comprar ou recomendar computadores que extirpam dos usuários essa liberdade essencial, e vamos ativamente incitar pessoas em nossas comunidades a evitar sistemas de tal modo restritos.

After you submit this form, you'll receive an email from us that asks you to confirm your signature before we add it to the statement. Please note that signing does not put you on the general FSF mailing list; we will only follow up with you only on this particular issue.

This is a public statement and your name will be made public after you click the link in the verification email. We will not publish or share your email address with any party outside the FSF. See our privacy policy for more information.

You can see a list of all verified signers.

Support this campaign and the rest of the FSF's work by joining as a member or making a donation today.

Organization and corporate signatures

Below is a list of projects, organizations, and corporations that have signed onto the above statement. If you are interested in adding your organization or corporation as a signer to this statement, and you have the appropriate authority and permission to do so, please follow our corporate and organizational signer instructions — and we thank you for your patience, as adding signatures may take several days to complete. The complete list of individual verified signers is on a separate page.

Ações do documento

The FSF is a charity with a worldwide mission to advance software freedom — learn about our history and work.

fsf.org is powered by:

 

Send your feedback on our translations and new translations of pages to campaigns@fsf.org.